Archive for the ‘Osasco’ Category

h1

Projeto libras para todos na unidade Osasco

05/03/2012

A Secretaria de Assistência e Promoção Social de Osasco e o CRAS (Centro de Referência de Assistência Social) Santo Dias em parceria com a Casa de Cultura e Cidadania de Osasco oferece as comunidades de Portais I e II e Colinas D’Oeste o projeto Libras para Todos.

O projeto tem como objetivo viabilizar a promoção de Direitos das Pessoas Surdas no tangente à comunicação nos diferentes espaços sociais, através de curso de Libras que propicie autonomia na comunicação e interação entre as pessoas Ouvintes e Surdas de forma participativa. Difundir a Libras e o direito que todos possuem de expressão, fortalecendo a convivência e participação na sociedade.

A mediação do grupo é realizada por uma Assistente Social e um Instrutor de Libras, que utilizam como disparador dessa relação dialógica situações rotineiras através de vídeos, palestras, roda de conversa e material impresso, gerando informações que permitem aos mediadores transforma-las numa linguagem que encaminhe cada participante da melhor maneira possível de dizer, fazendo com que o discurso de um passe para o discurso do outro.

A turma é formada por 30 pessoas, sendo elas membros da comunidade local e professores da rede pública.

O curso é gratuito e tem duração de 80 horas, com certificação para os que atingirem 75% de presença.

Ele acontece sempre de 4ª feira, das 14 as 17h, na Unidade Osasco, da Casa de Cultura e Cidadania.

Mais maiores informações ligue (11) 3656-3869.

h1

Líderes da AES conhecem unidade de Osasco

25/06/2010

A Casa de Cultura e Cidadania de Osasco recebeu, em 25/6, a visita de Britaldo Soares, presidente da AES Brasil; Andrés Gluski, vice-presidente executivo da AES Corp.; Andrew Vesey, presidente da AES América Latina e África; e Tarun Khanna, conselheiro da AES Corp.

Além de conhecerem a comunidade em que o projeto está inserido, todos puderam ver a peça de teatro “A Peleja ou Zé Ribamar contra o Monstro da Poluição”, adaptação da peça “A Peleja”, de Ana Maria Machado. A versão produzida por alunos e arte educadores resgata a tradição popular nordestina e traz apresentações de música ao vivo. Os convidados também saborearam doces e salgados tipicamente brasileiros, como tapioca, canjica e paçoca.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 30 outros seguidores